domingo, 17 de maio de 2015



O livro desta semana é O EDUCADOR E O PSICANALISTA. Fiquei encantada quando li a primeira vez, falei para o Cláudio: " Preciso escrever sobre seu livro, amei." E assim fluiu a segunda leitura e estou escrevendo quase um ano depois... Primeiro o livro me agradou na estética, achei simples e lindo, a letra cursiva da primeira página, a caneta tinteiro...Depois o tipo de escrita, trocas de cartas sobre a vida. Tenho alguns livros de cartas, sempre me atraem, tem um que é péssimo, mas está na minha sala como objeto de decoração porque é esteticamente lindo. Este, do Cláudio, me tocou pela profundidade de assuntos cotidianos e me remeteu a sessões de psicanálise escrita. Eu gosto quando os livros me tiram de onde estou fisicamente e me transportam para o seu cenário. Na faculdade eu tinha um amigo assim, como o Doutor, trocávamos cartas profundas sobre nossa vida cotidiana, mesmo nos vendo todos os dias. Terminando a faculdade a vida e a rotina nos separaram... Nunca mais encontrei alguém com quem trocar cartas profundas, destas que mexem na alma. Alexandre Sanches, preciso te reencontrar e te dar este livro de presente. Escolhi um trecho que mais me comoveu, do final do livro, onde junto com o personagem me senti órfã do doutor: " Passei anos da minha vida perseguindo não sei o quê. Fui levado em alguns momentos por empolgação, outros por apatia, mas nunca conheci o desespero. Conheci lugares e pessoas com as quais vivenciei histórias. Umas intensas, outras nem tanto. Alguns poucos arrependimentos, mas nesse momento não consigo lembrar nenhum remorso. Não carrego comigo nenhuma mágoa, apenas a certeza de ter escrito a minha história oferecendo a minha falta. O nome inventado pelos homens para doação daquilo que não temos é: amor. Se tive dinheiro, foi para gastá-lo. Os objetos que acumulei serviram para o meu conforto e fruição. Não fui servo dos objetos. Por isso não penso em testamento, mas em testemunho, minha verdadeira herança."
Claudio, agradeço porque fui encontrando pedacinhos de mim pelos seus capítulos.Bj


Nenhum comentário: