quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Conscientize-se

Tenho me deparado muito com uma palavra chave de uns tempos para cá: Consciência. No processo terapêutico, o primeiro passo é a consciência. Alguns pacientes já chegam “conscientes” do que seria um problema. Outros chegam com a perspectiva de se conhecerem e vão tomando “consciência” durante a primeira parte do processo. A maior parte das coisas que nos causam insatisfação depende do nosso movimento para que alguma coisa mude. Na maioria dos casos, ao menos, uma parte depende da gente.